quinta-feira, 4 de setembro de 2008

Diário de um pai de primeira viagem

Cinco e meia da manhã.

Achei que com a mamada das 3 da matina o Gabriel fosse dormir. Ele sempre dorme melhor quando está mamado. Aliás, só agora percebo que a expressão "fulano tava mamado" - bebeu demais - é uma de uma analogia sem igual! Ou quase! Gabriel não queria dormir. São gases, eu imagino. Levanto-o tento ajuda-lo. Continua chorando. Talvez seja a fralda. De fato, estava suja. Troco-o com um pouco mais de destreza que nos primeiros dias onde minha camisa era sempre alvo de um jogo de paintball (só que não era tinta que ele usava..). Ele não reclama na troca e eu respiro aliviado. Era isso! Pronto! Agora, tá limpinho, Vai dormir sossegado. Pura ilusão. Não, também não era fome. Não podia ser! Talvez um pouco de atividade. Senta na cadeirinha de balanço, meu filho. Cinco minutos depois...choro! Da cadeirinha foi pro colo, do colo pro berço, do berço pro ombro, de volta pra cadeirinha. Cantei músicas, sussurei, no final já estava implorando: Dorme, Gabriel! Enquanto isso, Fernanda tentava dormir no quarto. Decidi ficar com o carrinho na sala, deitei do lado e vi que ele amansava com a chupeta. O problema era que ele cuspia a dita cuja a cada 5 minutos. O jeito foi dormir com o braço já estendido no berço. Ao menor choramingo, lá estava eu pronto pra devolver ao dono. Foi assim que apagamos. Finalmente ele dormiu. Até demais. Fui acordado às dez com a Fernanda me perguntando como nós dois estávamos dormindo tanto! Sete horas sem mamar! E a fralda! E tome bronca! Você está sem trocá-lo desde as quatro? E lá estava o Gabriel do meu lado, alheio a tudo isso, com uma cara de anjo embalado no sono dos justos!

Cada dia, uma surpresa. Como se não bastasse, o trabalho apertou e tenho que entregar um projeto gigante até do dia 20 sem sábado, domingo ou feriado! Chego atrasado, o pessoal sabe o que estou passando e tem sido compreensivo. Nem ligam pra casa depois das oito. Tem dias em que me arrasto pro trabalho, zumbi mesmo.

No entanto, quando chego em casa, quando olho naqueles olhos pequenos, quando lhe dou banho, pareço estar me lavando de todo o dia carregado que tive, quando vejo minha mulher o amamentando, me alimento também da pureza de seu sorriso, quando penso na felicidade que tenho em casa, choro. Ele veio para acabar com toda as minhas energias mas, ao mesmo tempo, parece me dar muito mais forças para tudo. Pai de primeira viagem, feliz pela estrada que tenho à frente.

Te amo, querida; te amo, meu filho

Bruno

3 comentários:

affonso enrick disse...

É isso aí Bruno, filho é bom demais né. Principalmente quando resolvemos chamá-lo Gabriel, não existe um que não seja ,digamos assim, superativo hehehe. Tenho um em casa e sei o que tô dizendo. Depois você me passe novamente o endereço que vou te enviar uma camiseta do Cruzeiro prá ele hehehehehe Um abraço a todos vocês!! Affonso Enrick

Leitão disse...

Bruno, força... caramba como deve estar tudo dolorido, machucado... lamento profundamente. Guarde as mais tenras lembranças, os mais belos sorrisos, e força meu ídolo.
escute tears in heavens do clapton.
Um abraço apertado, com lágrimas nos olhos

virginian disse...

Bruno...
em primeiro quero lhe desejar muita FORÇA...QUE DEUS esteja CARINHOSAMENTE sustentando vc todos os dias...
Sou mãe, mulher e infelizmente só pude conhecê-lo mmelhor depois do ocorrido...visitando esta riqueza de blog. o qual vc demonstra a pessoa maravilhosa, o pai excepcional que sempre foi...confesso não ter acompanhado muito a sua carreira!Mas estes dias tennho tido dificuldade até para trabalhar pq não páro de ver cada foto, cada postagem deste espaço dedicado a seu filhinho querido...quero deixar aqui minha admiração por vc.Queria tanto ter a oportunidade de te dar um abraço. e dizer o qto te quero ver bem....e imagino o qto deve ser difícil essa perda...desejo sinceramente que vc supere nunca vi tanta beleza em um homem demontrada como vc fazia em seu blog....que pai, que marido vc foi...e sei que continuará sendo a essência não se muda!DEUS AMA OS BONS E OS JUSTOS E TE DARÁ A PAZ E O ACOLHIMENTO! EU CREIO...UM FORTE ABRAÇO
VIRGINIAN
JUIZ DE FORA
MINA GERAIS