sexta-feira, 23 de setembro de 2011

A Vida Continua

Meu filho,

Demorei muito para te escrever novamente aqui. Não é fácil imaginar que o propósito deste blog - que era permitir que um dia você visse como você foi esperado e amado - se perdesse em meio a um acidente. No entanto, estou aqui te escrevendo novamente uma carta. Tal como as outras que você não leu, esta é para registrar meu amor por você. Só que, desta vez, eu acredito que você possa entender e até mesmo ler cada linha que coloco aqui. Te imagino sendo capaz de ler, entender, te vejo como um menino esperto e igualmente sapeca, malandro e carinhoso.

Quero te dizer que estou bem. A dor está sendo transformada em solidariedade, carinho, correntes do bem. Tenho tido a ajuda de muita gente que te amou sem nunca ter te visto, às vezes sem nunca ter tido contato comigo também. Mas com orações e muita paz, eu vou me recompondo.

Sonhei contigo, acredita? Te pegava no colo e pedia para tirarem uma foto, mas você não aparecia nela. Não importa. Enquanto você esteve no meu colo o sonho pareceu-me muito real.

Você está sempre comigo, a vida continua e se fiquei aqui foi para continuar minha missão. Farei-a até o final, cantando, te dedicando canções, lançando um beijo pro céu sempre que sair do palco, para que você se orgulhe sempre do pai que tem.

Como sempre falei para você. Gabriel é o melhor amigo do papai. E sempre será.
Obrigado por toda força que você me deu para seguir em frente. Não fraquejarei.
E se as lágrimas correrem, serão de emoção. Tristeza nunca, ainda que você faça uma falta danada.

Pra cada lugar que eu vou, eu deixo um brinquedo seu e peço para as crianças multiplicarem. Com isso, uma enorme corrente do bem tem varrido o país. Tem brinquedinho seu no interior do Amazonas, Pernambuco, Minas, Rio, até na Dinamarca! Um barato!

Estou morto de sono e viajo amanhã cedo. Bella te manda um beijinho doce. Vó Ana e Vó Mara também. Você tem uma linda família aqui que te ama. Um dia, todos nós nos encontraremos. Até lá, te lembrarei sempre: eu te amo!